top of page
Buscar
  • Foto do escritorRenda Virtual

Guia Completo de SEO para iniciantes

Você já deve ter se deparado com a sigla SEO quando foi criar o seu site, essa famosa sigla significa Search Engine Optimization, que em português pode ser traduzido como "Motor de Otimização de Busca".


Neste artigo iremos destrinchar detalhadamente tudo que você precisa saber sobre SEO, pois saiba que utilizando este recurso, de maneira correta, você conseguira ótimos resultados no Rankeamento do seu site no Google.


Pessoa fazendo pesquisa no Google
Pesquisando no Google


Primeiros passos em nosso guia de SEO para iniciantes


O primeiro passo para um site é verificar se ele já está no Google. Para você ter certeza que o seu site já está nos mecanismos de busca do Google, faça uma pesquisa no buscador da seguinte maneira; "site: domínio do seu site" como na foto demonstrada abaixo.


Print de tela busca Google (exemplo)

Percebe que neste exemplo, o Google retornou a página home do Nubank, se você ver resultados, está no índice.


Se por acaso o site ainda não esteja no Google, isso geralmente ocorre pelos seguintes motivos:


  • Você pode ter acabado de publicar o site, e o tempo de rastreio do Google ainda não foi o suficiente.

  • Sua política impede o Google de rastrear o site.

  • Algum tipo de erro com o domínio do seu site.

  • A forma como os arquivos do site está estruturada em seu site.


O Googlebot precisa entender o seu site


Isso é muito importante, mas vamos por partes, primeiro você pode estar se perguntando "Quem é esse tal de Googlebot?". Eu te explico.


 Imagine que o Google é como uma enorme biblioteca que ajuda as pessoas a encontrar os livros que estão procurando. O Googlebot é como um atendente muito rápido e eficiente dessa biblioteca. Ele tem a tarefa de vasculhar a biblioteca, folheando os livros e fazendo anotações sobre o que está em cada um.


O Googlebot olha as imagens, os textos, os vídeos e todos os arquivos existentes em um site e devolve os resultados para o Google organizar as melhores páginas referente a sua pesquisa.


Aqui vai boas dicas para você ser amigo do Googlebot:


Saiba usar as Tags de HTML em seu site

Por exemplo: o elemento <title> vai informar ao mecanismo de pesquisa do que se refere o tema de uma página específica do seu site. Procure deixar sempre dentro da tag <head> do seu site.


Procure não deixar o seu site muito pesado

Ter um site pesado vai prejudicar o rankeamento do seu site, pois leva mais tempo para carregar a página, o que afeta negativamente na experiência do usuário. Opte por otimizar o máximo o tamanho dos arquivos que farão parte do seu site.


Compatibilidade com dispositivos móveis

O aumento do uso de celulares para acessar sites é uma tendência significativa, portanto é importante que o seu site tenha uma boa adaptabilidade a esses dispositivos.


Atualize o seu site constantemente: Manter seu site sempre atualizado com conteúdo fresco e realizar atualizações regulares é fundamental para demonstrar ao Googlebot que seu site permanece dinâmico e relevante.

Segurança

É crucial assegurar que seu site esteja protegido contra ameaças de segurança, como malware. Sites que garantem segurança são favorecidos nos resultados de pesquisa.


Meta Tags e sua Importância na Otimização para Mecanismos de Busca do Google:


Quando se trata de destacar um site nos resultados de busca do Google, as meta tags desempenham um papel crucial, são aquelas tags <meta> com uma descrição no seu código HTML.



Exemplo de código HTML


Estes breves trechos de código HTML contêm informações valiosas sobre o conteúdo de uma página da web, transmitindo dados essenciais aos mecanismos de busca.


Vamos explorar mais sobre o significado e a influência das meta tags na otimização para os resultados de pesquisa do Google.


Crie uma descrição única para cada página do seu site

Colocar a mesma descrição ou descrições parecidas em todas as páginas do seu site não é eficiente. Descreva com muita precisão cada página de seu site.


Tenha informações importantes no conteúdo da descrição

As meta tags ou então metadescrição não deve ser restrita apenas ao formato de uma frase. Além disso, é uma ótima oportunidade para inserir dados sobre a página.


Por exemplo, em notícias ou postagens de blog você pode listar o autor, a data de publicação ou informações de autoria. Isso pode oferecer aos possíveis visitantes informações relevantes que talvez não sejam mostradas de outra forma no snippet.


Da mesma forma, as páginas de produtos podem conter as informações essenciais (preço, idade, fabricante) em uma página. Uma descrição adequada pode reunir todos esses dados.


Como neste exemplo, a meta descrição é sobre uma camiseta, olha como podemos atribuir valor e informações relevantes.


<meta name="description" content="Algodão Egípcio, manufaturado na indonesia" , Preço: R$ 110,99, tamanho: M">



Definindo um Favicon


Para quem não sabe, o Favicon é aquele pequeno logo que se encontra nas abas do seu site e no navegador, este aqui olha:


Exemplo de um Favicon

Sites com Favicon costumam ser melhores visto pelo mecanismo de busca do Google.



Manter os snippets coêrentes e com palavras chaves do seu site.



Sabe quando você faz aquela busca no google e além do link do site, tem toda uma estrutura de outras informações? Esses são os famosos snippet. Você antes de clicar neste guia de SEO para iniciantes, leu o snippet dessa página.



Exemplo de um Snippets


 O conteúdo da página é a principal fonte que o Google usa para determinar automaticamente a posição do site, portanto se atente ao deixar todas as informações do snippet do seu site chamativas.


Priorize a experiência do usuário


Por fim e não menos importante, priorize sempre a experiência do usuário, nós falamos bastante de técnicas para deixar o seu site atrativo para os mecanismos de busca SEO, mas além disso você deve conseguir conciliar essas técnicas com um conteúdo que vai agregar valor para o seu usuário.


Entendendo se meu conteúdo prioriza as pessoas


Para avaliar se o seu conteúdo está focado também nos usuários, nós deixamos uma lista de perguntas que você pode se fazer, se estiver respondendo "sim" está no caminho certo.


Eu tenho um público-alvo hoje na minha empresa ou site que acharia o conteúdo relevante se o consumisse?


Meu site tem um foco principal bem definido?


Se o meu usuário consumir meu conteúdo vai sentir que teve uma boa experiência?


Eu estou conseguindo cumprir com a entrega de valor ao meu usuário final?









9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page